Eu vi a Tropa de Elite!

by

         

 Por Camilla Sanches

          O filme do diretor José Padilha só será lançado no dia 12 de outubro, mas já é assunto na grande maioria das rodinhas de adolescentes, estudantes de ensino médio, universitários e, inclusive, adultos mais velhos.
          De fato o filme é muito polêmico, com várias cenas de violência por parte da polícia, do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e dos traficantes, claro! Sem falar que a obra cinematográfica retrata a ultrajante situação da Polícia Militar no Rio de Janeiro, sem recursos, com dezenas de patrulhas fora das ruas por falta de peças para concerto; sem contar o descaso dos policiais mais velhos, do alto escalão, com os recém-chegados, os chamados aspirantes. Enfim, corrompida e corrupta.
          Tropa de Elite ainda conta com outros pontos a seu favor. A brilhante atuação do ator Wagner Moura, no papel do capitão Nascimento do BOPE dividido entre continuar a carreira ou se dedicar mais à família e ao filho que vai nascer, e de Caio Junqueira como o aspirante Neto, jovem honesto que, desiludido com o papel da PM, tenta entrar para o BOPE. Em papéis coadjuvantes, porém não menos marcantes, temos Fernanda Machado e Fernanda de Freitas em duas boas representações como jovens universitárias de classe média alta, viciadas em drogas, responsáveis por uma ONG sediada na favela da Babilônia, onde grande parte da história se passa.
          Porém, estes não são os elementos principais que já fazem do Tropa de Elite um sucesso de público, mas sim o fato de o filme ter vazado antes mesmo da obra ser acabada. O diretor declarou que a cópia que está sendo vendida no mercado da pirataria não é o produto final, de acordo com a apresentadora e cronista da Revista do Correio Braziliense, Maria Paula, no jornal do dia 16 de setembro.
         Para completar, essa história policial, literalmente um caso de polícia, já tem até continuação de acordo com a crônica de Maria Paula. Já está à venda o “Tropa de Elite II”, que na verdade seria o documentário lançado há oito anos, de João Moreira Salles e Kátia Lund, Notícias de uma guerra particular.
          Essa Tropa de Elite já é, realmente, um verdadeiro campeão de bilheteria antes mesmo de ser lançado nos cinemas de todo o país. Imagine quando estiver em cartaz!

 

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: